Cebrapaz debate violação dos Direitos Internacionais

Prestigiada por diversas personalidades internacionais, a conferência A
Integração Latino Americano: a importância da cultura da paz num mundo
militarizado, organizada pelo Centro Brasileiro de Luta pela Paz (Cebrapaz)
ocorre nesta sexta (17) e sábado (18) em São Paulo.

Reprodução

cebrapazO evento terá como temas: Fortalecer a cultura da paz em um mundo
militarizado; Ameaças à Paz no Atlântico Sul (4ª Frota e OTAN); Investidas do
Imperialismo na América Latina; e Luta dos Povos em Defesa da Soberania e da
Paz.

O objetivo desta conferência é debater os desafios da luta
pela paz, “para aprofundar e ter mais elementos para fortalecer e qualificar
essa luta”, explica Socorro Gomes, presidente do Cebrapaz.

Socorro
apresenta exemplos de agressões os quais considera gravíssimos, que segundo ela
têm se intensificado, como os ataques a países no norte da África. “Libia,
Síria, Irã, uma guerra que se extende no Paquistão, além de agressões na
península coreana”, lista a presidente.

Para o Cebrapaz, um obstáculo
importante à paz é a cultura guerreira reforçada pelas potências imperialistas:
“a maior potência bélica, que são os Estados Unidos, tem uma política
imperialista, neocolonialista, com um arsenal de guerra monstruoso, cujo poder
de ataque aumenta com a nova configuração da OTAN. Esses ataques ocorrem a todo
momento onde quer os interesses das potências sejam colocados em cheque, ou
mesmo por interesse de saquear as riquezas de outras nações. Isso representa
inúmeras violações dos Direitos Internacionais, dos principios mais importantes
da Organização das Nações Unidas, da razão de ser da ONU, que é
a autodeterminação e soberania das nações, a igualdade entre países e povos e o
diálogo para dirimir conflitos”.

Para ela, o papel fundamental da
conferência é o fortalecimento da luta pela paz.

O público-alvo são
militantes de organizações sociais, estudantes, acadêmicos, professores, “todas
as pessoas que lutam por uma nova ordem internacional, contra a guerra, pela
paz”, define Socorro.

Além da mobilização que ocorre no Brasil,
participará da conferência uma delegação do Vietnã. Nas mesas de debate,
haverá ainda representantes de países latinos, árabes e asiáticos, que debaterão
as ações desenvolvidas em prol de uma cultura da paz.

As inscrições podem
ser feitas neste
link
. Mais informações podem ser obtidas por meio do endereço eletrônico
cebrapaz@uol.com.br ou pelo telefone (11) 3223-3469.

Confira a
programação da Conferência:

17/06 – Sexta-feira
19h
– Mesa de Abertura – Fortalecer a cultura da paz em um mundo
militarizado
Palestrantes:
Socorro Gomes – Cebrapaz
Carlos Rafael
Zamora Rodriguez – Embaixador de Cuba
Maximilien Arvelaiz – Embaixador da
Venezuela
Duong Nguyen Tuong – Embaixador do Vietnã
Mediador: Denis Veiga
Jr

18/06 – Sábado
9h – Mesa 1 – Ameaças à Paz no
Atlântico Sul-4ª. Frota e OTAN
Palestrantes:
Rina Bertaccini –
Argentina
Guillermo Borneu – Peru
Prof. Igor Fuser – Brasil
Mediador:
Rubens Diniz

11h30 – Mesa 2 – Atual política dos EUA para América Latina
e Caribe
Palestrantes:
Enrique Daza – Colômbia
Bertha Oliva –
Honduras
Guillermo De La Paz Velez – Porto Rico
Ricardo Abreu –
Brasil
Mediador: Ronaldo Carmona

15h – Mesa 3 – Luta dos povos contra
as agressões
Palestrantes:
José Ramón – Cuba
J.K. Suleiman Rashid –
Palestina
Majd Al Shara – Síria
José Reinaldo Carvalho –

Brasil
Mediador: Alexandre Braga

18h – Coquetel de
encerramento

Da redação, Luana Bonone

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s