Microempresários repudiam posição de Serra sobre Mercosul

carta capital

 Reunidos na Espanha, microempresários europeus e latinoamericanos aprovaram uma moção de repúdio às declarações do candidato tucano que qualificou o bloco sulamericano como uma “farsa” e defendeu sua “flexibilização”. Em nota, eles defendem o Mercosul como o “mais importante acordo econômico e cultural da América Latina” e advertem para os riscos decorrentes do enfraquecimento do processo de integração no atual quadro de crise internacional.

 Redação

 A Cúpula Eurolatinoamericana de Microempresas e economia social, realizada de 3 a 6 de maio em Cáceres, Espanha, aprovou uma moção de repúdio às declarações do candidato tucano à presidência do Brasil, José Serra, caracterizando o Mercosul como uma “farsa” e defendendo a sua “flexibilização”. A nota aprovada pelos empresários reunidos na Espanha defende o Mercosul como o “mais importante acordo econômico e cultural da América Latina”. Além disso, adverte para os riscos de, no atual quadro de crise internacional e com um enfraquecimento da integração, as grandes corporações ampliarem seu poder em detrimento das empresas latinoamericanas.

O encontro de Cáceres aprovou também a criação da Eurolatim – Associação Eurolatinoamericana de Micros, Pequenas e Médias Empresas que terá como objetivo buscar uma maior integração social e econômico entre os povos da Europa e da América Latina. A íntegra da nota aprovada na reunião de cúpula é a seguinte:

Nota de Repúdio
Os empresários latinoamericanos reunidos em Cárceres, Espanha entre os dias 03 e 06 de Maio para a “CUMBRE EUROLATINOAMERICANA DE MICROEMPRESAS Y ECONOMIA SOCIAL” que resultou na Fundação da EUROLATIM 98% – Associação Eurolatinoamericana de Micros, Pequenas e Médias Empresas que tem como objetivo principal buscar uma integração social e econômica entre os povos alicerçadas nos princípios da sustentabilidade, repudiam fortemente as manifestações do candidato a presidência da República do Brasil, Sr. José Serra, que propõe substituir o Mercosul e as demais alianças regionais por tratados de livre comércio.

Considerandos:

• O Mercosul é o mais importante acordo econômico e cultural da America Latina.
• No atual momento de crise o Brasil sair do Mercosul é abrir espaço para que as grandes corporações internacionais ampliem seus interesses em detrimentos das empresas LatinoAmericana.

Esperamos que o candidato venha a público e esclareça sua posição que só interessa àqueles que sempre produziram pobreza e desigualdades em nosso continente.

Assinam esta nota:

ALAMPYME – Associalção Latino Americana de MIPYMEs

ALAMPYME – Capítulo México

AMPYME – Asemblea de Pequenã e Mediana Empresas de Argentina.

ANMYPE – Asociación Nacional De Micro Y Pequeñas Empresas de Uruguay

CAMARA DE LA PEQUEÑA INDUSTRIA DEL GUAYAS de Equador.

CONFAGAN — Cofederación Nacional de Agricultores y Ganaderos de Venezuela.

CONUPIA – Confederación Nacional Unida de La Pequeña y Micro Empresas do Chile.

FEBOPI – Federación Boliviana de La Pequeña Industria

FEPAMI – Federación Paraguaya de Micro Empresários

UPTA — Unión de Profesionales Trabajadores Autónomos de Espanha

Fundación para La Internacionalización do Soft Livre de Espanha

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s