Mandatário hondurenho deposto se reúne com Hugo Chávez na Venezuela

do site adital

Enviar Artigo
Versão para Impressão
Letra
A- A+
Adital –

O presidente deposto de Honduras, Manuel Zelaya, reúne-se hoje (5) com o mandatário venezuelano Hugo Chávez. Segundo informações da Telesul, o encontro acontecerá no palácio presidencial de Miraflores, em Caracas, na Venezuela. A passagem de Zelaya pelo país sul-americano faz parte de uma série de visitas que será realizada na América Latina para manter o posicionamento contra o golpe de Estado hondurenho.De acordo com informações de El Nacional, a reunião de Zelaya e Chávez acontecerá no decorrer do dia de hoje, após o cancelamento de uma coletiva de imprensa prevista para acontecer nesta manhã. O ex-mandatário hondurenho chegou ontem (4) a Caracas, onde realizou um “ato” para o qual a imprensa não foi convidada.

 Além de Chávez, Zelaya ainda pretende reunir-se com os presidentes da Nicarágua, Daniel Ortega; da Guatemala, Álvaro Colom; e de El Salvador, Mauricio Funes. Após os encontros, viajará a Estados Unidos e Espanha.

 O anúncio das visitas foi dado no dia 18 de fevereiro pelo próprio ex-mandatário hondurenho, em Santo Domingo, na República Dominicana. Na ocasião, Zelaya participava de uma reunião com deputados do Parlamento Centroamericano (Parlacen) para debater sobre a entrada dele no organismo regional.

A ideia das visitas é discutir a situação de Honduras e a necessidade de assegurar a democracia na região. Além disso, aproveitará a ocasião para também conversar com os mandatários centro-americanos sobre a entrada dele no Parlacen.

Os encontros estavam programados para começar na quinta-feira passada (25). No entanto, no mesmo dia, um dos colaboradores de Zelaya, Rasel Tomé, afirmou que o presidente deposto, “hóspede distinto” da República Dominicana, havia adiado as visitas a Venezuela e a vários países da América Central, sem confirmar a novas datas das visitas.

O colaborador do ex-mandatário também desmentiu os boatos de que Zelaya se apresentaria como candidato dos países da Aliança Alternativa Bolivariana para os Povos de Nossa América (Alba) para a Secretaria Geral da Organização de Estados Americanos (OEA). Até agora, José Miguel Insulza, atual secretário do organismo, é o único candidato para as eleições que acontecerão no próximo dia 24 de março.

Com informações de Telesul e El Nacional

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s