2010, a luta pela paz!

do jornal avante – Pedro Guerreiro

Passado quase um ano sobre a eleição de Obama como presidente dos EUA, e apesar da imensa operação ideológica realizada em seu redor, é cada vez mais claro que a agenda estratégica e militarista da actual Administração norte-americana prossegue os mesmos objectivos fundamentais que a anterior.
Nem mesmo a tentativa de branqueamento deste facto � que, por exemplo, a entrega do pr�mio Nobel da paz representou � consegue esconder que a evolu��o da situa��o internacional a� est� a demonstrar a escalada intervencionista e de guerra em que os EUA e seus aliados est�o apostados.
A Administra��o Obama prop�s e fez aprovar para 2010 o maior or�amento militar da hist�ria dos EUA, que ser� superior �s despesas militares somadas de todos os restantes pa�ses do mundo. Um or�amento militar que cresce na medida directa do aprofundamento da crise no centro do capitalismo.

Os EUA ampliam e refor�am a sua rede de mais de 750 bases militares e a presen�a das suas frotas navais pelo mundo, instrumentos da sua estrat�gia de controlo, de desestabiliza��o e de guerra, designadamente e com particular express�o e significado na Am�rica Latina, onde, igualmente, continuam o seu criminoso bloqueio a Cuba, e em �frica, onde est�o em curso din�micas recolonizadoras.
A Administra��o norte-americana e seus aliados recrudescem a guerra e o rol de brutal destrui��o e de sofrimento na �sia Central e no M�dio Oriente, refor�ando as tropas ocupantes no Afeganist�o, intensificando as suas agress�es no Paquist�o e prosseguindo a ocupa��o do Iraque, reafirmando o seu apoio e coniv�ncia com a estrat�gia israelita de perpetua��o da brutal ocupa��o da Palestina.
A Administra��o Obama e seus aliados apontam como objectivo reajustar a NATO �s suas actuais necessidades (e contradi��es), como instrumento de agress�o e de guerra contra os que de alguma forma ousam contrariar ou opor-se �s suas ambi��es imperialistas, defendendo a sua soberania e independ�ncia nacional. Estando a adop��o de um retocado �conceito estrat�gico� para a NATO agendada para uma cimeira a realizar em Portugal, em Novembro de 2010.
Isto �, a Administra��o Obama, para al�m de n�o ter significado qualquer mudan�a de fundo ou viragem na pol�tica externa norte-americana, procura preservar, a todo o custo, designadamente utilizando o seu poderio militar, o papel de pot�ncia hegem�nica que os EUA continuam, todavia, a representar no sistema capitalista mundial.

Como temos sublinhado, a crise do capitalismo comporta em si graves perigos para a paz e para os povos do mundo. Tal como no passado, o imperialismo ser� tentado a resolver pela via do incremento da explora��o e da guerra a crise que incessantemente gera e para a qual se mostra incapaz de encontrar solu��o.
A aut�ntica �fuga em frente� por parte do imperialismo significa explora��o e opress�o, a nega��o das mais elementares necessidades e direitos dos povos, a cont�nua destrui��o do ambiente, o ataque � paz e, mesmo, � sobreviv�ncia da humanidade.
Neste quadro, aos comunistas, aos democratas e amantes da paz, est� colocada a exigente tarefa de mobilizar os trabalhadores e os povos para a luta contra a explora��o, pela defesa soberania dos povos, pela paz.
A luta pela paz � um marco decisivo e inultrapass�vel para o fortalecimento e alargamento de uma frente anti-imperialista que inverta a actual correla��o de for�as nas rela��es internacionais e crie condi��es para a prossecu��o de alternativas de progresso e justi�a social, para o socialismo.
A defesa da paz e a solidariedade para com os povos em luta contra a agress�o imperialista marcar�, de forma significativa, o ano de 2010.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s