Dilma já empata tecnicamente com Serra nas “elites”

do blog os amigos do presidente Lula

Agora danou-se tudo para José Serra (PSDB/SP). É o pessoal das “elites” que estão “Dilmando”.

Na pesquisa do Datafolha, para quem tem escolaridade superior, e também na faixa de renda mais alta, Dilma Rousseff já está tecnicamente empatada com José Serra.

 

Dilma tem 29% e Serra tem 33%. A margem de erro é 2%. Então, é possivel que Dilma esteja com 31% (29% + 2%) e Serra também esteja com os mesmos 31% (33% – 2%).

Os números acima, são com Ciro Gomes concorrendo. Sem Ciro permanece a situação de empate: Serra 36%, Dilma 32%. Portanto Dilma pode estar com 34% e Serra também com 34%, no limite da margem de erro.

Empate até no “curral eleitoral” da elite

E agora, José? Como é que fica aquela estória de que o eleitorado de Lula (e, portanto, de Dilma) é o pessoal do Bolsa Família, e que a elite mais escolarizada votaria nos demo-tucanos?

Não é uma regra, mas geralmente a população mais escolarizada tem mais renda, mais tempo para acompanhar a política, e mais acesso à jornais, revistas, internet, e programas políticos de TV tarde da noite. Por isso já tem candidato com bastante antecedência.

Tirando a internet, essa imprensa, o PIG, é uma espécie de curral eleitoral demo-tucano de luxo.

Se a coisa ali já está praticamente empatada, imagine na hora em que o resto do povo que não está nem aí para as brigas políticas fora do período eleitoral, porque está satisfeito com o governo Lula, e tem confiança de que o Brasil está em boas mãos, se ligar nas eleições de 2010?

Dilma está com 25% entre os que tem ensino médio (contra 38% de Serra), e está com 21% entre os que só tiveram o ensino fundamental (contra 36%). São nestas faixas que Lula tem mais votos, e muitos ainda não declaram o voto em Dilma, porque ainda não a conhecem como a candidata de Lula.

Dilma empata também na faixa de renda alta

Na faixa dos ganham mais de 10 Salários Mínimos, Dilma atinge 35% contra 38% de Serra (quando Ciro não é candidato). Novamente em empate técnico.

Nas faixas de renda mais baixa, Dilma está com 23% a 26%. Novamente, são nestas faixas que Lula tem mais votos, e muitos ainda não declaram o voto em Dilma, porque ainda não a conhecem como a candidata de Lula.

Efeito pedra no lago

Os “especialistas” em pesquisas, que acreditam em “formadores de opinião”, costumam chamar a classe A e a mais escolarizada como se fosse o centro do efeito pedra no lago. Ou seja, quando se joga uma pedra no lago forma-se uma onda no centro onde a pedra cai, que vai se espalhando pelo lago inteiro. Então, segundo estes “especialistas”, o crescimento de Dilma na classe A e entre os mais escolarizados, seria uma tendência que espelharia por todas as classes.

A gente acha que o povo forma sua opinião olhando o governo e os políticos que são bons, tem trabalho para mostrar, são honestos e despertam confiança, para as pessoas e para o país. O povo não segue mais a cabeça da elite e da imprensa para formar sua opinião. Mas a turma demo-tucana das antigas, de Serra, FHC, Montenegro (do Ibope) ainda acreditam muito em “formadores de opinião” disseminando opinião da imprensa para a elite, e da elite para o povo 

Dilma já empata tecnicamente com Serra nas “elites”

Agora danou-se tudo para José Serra (PSDB/SP). É o pessoal das “elites” que estão “Dilmando”.

Na pesquisa do Datafolha, para quem tem escolaridade superior, e também na faixa de renda mais alta, Dilma Rousseff já está tecnicamente empatada com José Serra.

Clique na imagem para aumentar

Dilma tem 29% e Serra tem 33%. A margem de erro é 2%. Então, é possivel que Dilma esteja com 31% (29% + 2%) e Serra também esteja com os mesmos 31% (33% – 2%).

Os números acima, são com Ciro Gomes concorrendo. Sem Ciro permanece a situação de empate: Serra 36%, Dilma 32%. Portanto Dilma pode estar com 34% e Serra também com 34%, no limite da margem de erro.

Empate até no “curral eleitoral” da elite

E agora, José? Como é que fica aquela estória de que o eleitorado de Lula (e, portanto, de Dilma) é o pessoal do Bolsa Família, e que a elite mais escolarizada votaria nos demo-tucanos?

Não é uma regra, mas geralmente a população mais escolarizada tem mais renda, mais tempo para acompanhar a política, e mais acesso à jornais, revistas, internet, e programas políticos de TV tarde da noite. Por isso já tem candidato com bastante antecedência.

Tirando a internet, essa imprensa, o PIG, é uma espécie de curral eleitoral demo-tucano de luxo.

Se a coisa ali já está praticamente empatada, imagine na hora em que o resto do povo que não está nem aí para as brigas políticas fora do período eleitoral, porque está satisfeito com o governo Lula, e tem confiança de que o Brasil está em boas mãos, se ligar nas eleições de 2010?

Dilma está com 25% entre os que tem ensino médio (contra 38% de Serra), e está com 21% entre os que só tiveram o ensino fundamental (contra 36%). São nestas faixas que Lula tem mais votos, e muitos ainda não declaram o voto em Dilma, porque ainda não a conhecem como a candidata de Lula.

Dilma empata também na faixa de renda alta

Na faixa dos ganham mais de 10 Salários Mínimos, Dilma atinge 35% contra 38% de Serra (quando Ciro não é candidato). Novamente em empate técnico.

Nas faixas de renda mais baixa, Dilma está com 23% a 26%. Novamente, são nestas faixas que Lula tem mais votos, e muitos ainda não declaram o voto em Dilma, porque ainda não a conhecem como a candidata de Lula.

Efeito pedra no lago

Os “especialistas” em pesquisas, que acreditam em “formadores de opinião”, costumam chamar a classe A e a mais escolarizada como se fosse o centro do efeito pedra no lago. Ou seja, quando se joga uma pedra no lago forma-se uma onda no centro onde a pedra cai, que vai se espalhando pelo lago inteiro. Então, segundo estes “especialistas”, o crescimento de Dilma na classe A e entre os mais escolarizados, seria uma tendência que espelharia por todas as classes.

A gente acha que o povo forma sua opinião olhando o governo e os políticos que são bons, tem trabalho para mostrar, são honestos e despertam confiança, para as pessoas e para o país. O povo não segue mais a cabeça da elite e da imprensa para formar sua opinião. Mas a turma demo-tucana das antigas, de Serra, FHC, Montenegro (do Ibope) ainda acreditam muito em “formadores de opinião” disseminando opinião da imprensa para a elite, e da elite para o povo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s