CTB e movimentos sociais organizam ato contra práticas antissindicais na Colômbia

do portal da CTB

02/12/2009
Na manhã desta quarta-feira (2), representantes de movimentos sociais e populares (MAB, UNE, UJS, Jubileu Brasil, Cebrapaz, MST, Movimento de Solidariedade a Cuba) reuniram-se na sede da CTB (Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil), em São Paulo, para construir a mobilização continental contra as bases militares estrangeiras e práticas antissindicais na America Latina e Caribe .  A proposta é realizar um grande ato em frente à Embaixada da Colômbia (R. Honduras, 1447) no próximo dia 10, data de aniversário da Declaração Universal dos Direitos Humanos.

Nos últimos tempos, a Colômbia vem sofrendo constantes práticas antissindicais. Nos últimos 23 anos foram assassinados 2.731 sindicalistas no país. Segundo informações da Central Unitária de Trabalhadores da Colômbia, entre janeiro de 1986 e dezembro de 2008 ocorreram 231 atentados, 4.200 ameaças, 161 sequestros, 1.478 vítimas de deslocamentos forçados, 193 desaparecidos, 73 casos de tortura e 43 capturas ilegais

Para o secretário adjunto de Relações Internacionais da CTB, João Batista Lemos, a questão central está em levar às ruas o relançamento da campanha “América de Paz: fora as bases militares estrangeiras”.

Em relação ao conjunto da classe trabalhadora e ao movimento sindical, Batista  ressaltou a importância de se  garantir um ambiente de liberdade política no continente. “Para avançarmos e consolidarmos as mudanças como as que vêm ocorrendo em países como El Salvador, Nicarágua, Bolívia, Brasil e Uruguai é necessário acabar com essas práticas antissindicais”.

Segundo o representante da Cebrapaz (Centro Brasileiro de Solidariedade aos Povos e Luta pela Paz), Rubens Diniz, a instalação de bases militares em países estrangeiros somado a instalação da Quarta Frota é uma forma de intimidar governos anti-americanos. “Documentos oficiais do Pentágono expressam essa vontade principalmente pelo posicionamento de forças militares em locais estratégicos com grandes recursos naturais como a Amazônia e a navegação em águas do pré-sal”, salientou.

A próxima reunião operativa ocorrerá na sexta-feira (4), no Sindicato Unificado dos Petroleiros do Estado de São Paulo (Viaduto Nove de Julho, 160 Conj. 2E – Centro – São Paulo), às 10 horas.

Ana Paula Carrion – Foto Cinthia Ribas – Portal CTB

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s